Atendimento
Segunda a Sexta: 8h às 19h
Sábado: 8h às 12h30min

Assine nossa Newsletter

BanhosaromatizadosBanhos aromáticos foram os precursores dos Difusores de Aromas

Quando as pessoas querem sair para se divertir e se relacionar, vão a bares, boates, restaurantes, shopping centers, praias, etc. Você consegue imaginar para onde as pessoas que viveram em outras épocas iam quando queriam encontrar “por acaso” alguém em quem estivessem interessadas?

No século XIX, acertaria quem sugerisse um baile ou em reuniões sociais, mas se viajássemos muitos anos a mais no tempo, até o Império Romano, a resposta seria...ao banho!

Um viajante desavisado do século XXI provavelmente levaria um belo susto ao se deparar com centenas de pessoas tomando banho nas termas públicas. Nelas, pessoas comuns e aristocratas passavam horas de lazer entre as piscinas de água quente e fria e as saunas construídas para a cura de males e o entretenimento.

Também havia bibliotecas, ginásios, teatros, jardins, lojas e mercados.

Em alguns períodos, homens e mulheres banhavam-se nas mesmas piscinas, mas na maior parte do tempo em que os banhos públicos existiram, cada sexo tinha seus próprios setores. E, entre uma piscina e uma sessão de massagem com óleos, discutia-se o cotidiano, os negócios, as tramas políticas e românticas do povo romano.

Enfim, se alguém queria ver e ser visto, o banho público era o lugar certo.

Foi nesses locais que se desenvolveu o uso das essências para perfumar ambientes, a partir do mesmo hábito herdado dos egípcios, que conheciam todos os segredos dos incensos, perfumes e produtos aromáticos.

Às águas das piscinas eram adicionadas essências, que difundiam seu aroma por todo o complexo de banhos, proporcionando bem-estar e higienizando os ambientes.

Os difusores de aromas para ambientes que usamos hoje seguem o mesmo princípio, só que agora podemos levar as águas perfumadas para onde quisermos e envolver somente aquela pessoa especial.